Ressignificando espaços públicos de São Paulo

Quem esteve em São Paulo durante a inauguração da ciclovia na Avenida Bernardino de Campos, que veio acompanhada do fechamento da Paulista, da abertura do Mirante 9 de Julho e do novo espaço gastronômico ‘Cozinha SP’ na Praça dos Arcos, no dia 23,  viu um monte de espaços públicos serem ressignificados na cidade.

Segundo o prefeito Fernando Haddad, a ideia é que as 32 subprefeituras de São Paulo estabeleçam que uma de suas ruas sejam fechadas, aos domingos, para passeio. Os primeiros testes foram feitos em regiões centrais, mas a política pública também será instituída na periferia, “que é onde mais faltam áreas de lazer”, afirmou o prefeito. Por telefone, a Secretaria de Comunicação da Prefeitura nos disse que a política ainda está sendo avaliada, mas que seu relatório deve ser divulgado assim que o estudo for consolidado.

Pode ainda ser cedo pra falar, mas já deu pra sentir uma mudança no astral dessas regiões da cidade. São Paulo, que sempre foi tida como hostil, parece ter mudado depois dessa ocupação de espaços públicos e um aumento no transporte ativo – o ciclismo, a caminhada, a corrida. Se você não esteve em nenhum desses lugares, basta ver as fotos: crianças aprendendo a andar de bicicleta, pessoas tomando Sol em plena Paulista, bandas tocando ao ar livre, transeuntes experimentando a comida da primeira cozinha comunitária da cidade e, no geral, cidadãos aproveitando a via pública para curtir o domingo. Quem não tem praia… tem Avenida Paulista!

Além da melhora do “astral” da cidade, o bom proveito de espaços públicos é muito importante para rompermos com o paradigma de fragmentação da cidade, uma noção adquirida depois do transporte motorizado individual ter dominado a locomoção viária. A ocupação das vias públicas volta a colocar na pauta o direito à cidade que, apesar de ser um direito civil como qualquer outro, caiu no esquecimento desde que os grandes centros urbanos cresceram e o desenvolvimento urbano e econômico passou a estimular o uso do carro individual e espaços fechados.

Vamos discutir a ocupação de espaços públicos (e mais várias outras pautas) durante a Virada! Acompanhe nossa programação e proponha a sua atividade.

 Participe também do Desafio Multimodal no dia 19/09. O desafio tem por objetivo estimular a intermodalidade na cidade. A proposta é fazer com que o usuário experimente utilizar no mínimo 3 modais diferentes para chegar a um destino comum partindo das 4 diferentes zonas da cidade. Inscreva-se aqui!